Mudanças na API do YouTube: entenda o que mudou

Monitoramento

163 visualizações

Mudanças na API do YouTube: entenda o que mudou

As questões de privacidade do consumidor exigem cada vez mais mudanças nos tipos de dados compartilhados pelas redes sociais com seus parceiros. Em maio, o YouTube divulgou algumas mudanças em suas permissões de monitoramento. Essas alterações na API da rede social também exigiram atualizações em algumas funcionalidades do Buzzmonitor.

Entenda quais foram as principais mudanças e o que pode ser monitorado e coletado pela plataforma:

  • Palavras-chave (ou termos booleanos): Não é mais permitido fazer monitoramento de palavras-chave no YouTube de canais não-autenticados;
  • Monitoramento de vídeos e comentários: Não é mais permitido coletar vídeos e comentários de canais não autenticados (concorrentes ou quaisquer outros canais que você não seja o administrador);
  • Analytics de canais não autenticados: Essa função será mantida, mas será possível visualizar somente dados dos últimos 30 dias.

 

As funções de Monitoramento e Analytics de canais autenticados (canais que você é o administrador) serão mantidas na plataforma. Para isso, é necessário que o acesso ao YouTube esteja válido, o que possibilita a coleta.

Para confirmar que sua coleta será feita, certifique-se de que o token esteja válido na sua conta administradora do Buzzmonitor.

Veja como sincronizar o Token no YouTube:

 

Caso precise verificar se seu token está válido ou autenticar o token novamente, confira aqui o passo a passo.

 

Respeitar as alterações nas APIs das redes sociais é importante para sua marca não ter problemas ou receber punições. No Facebook e Instagram, por exemplo, é possível que perfis sejam excluídos ou tenham suas publicações apagadas. Entenda como essa questão é relevante para sua marca.

 

Gostou? Inscreva-se para receber nossos conteúdos

 

USE GRÁTIS O BUZZMONITOR

Comentários

Deixe um comentário